segunda-feira, 13 de julho de 2009

Urgência

Os meus planos são pra hoje. Eu quero os meus amigos pra hoje. Quero perseguir os meus sonhos, alcançar os meus objetivos, recitar a minha poesia mesmo que ela esteja sendo feita por mim agora. Quero comer as guloseimas mais gostosas, ver todos os filmes que me vêm em mente, ouvir aquela música agora no youtube. Hoje eu vou dizer que te amo, vou repudiar as minhas ilusões e iluminar as minhas idéias com a ação das minhas mãos. O sorvete de chocolate é pra hoje, a corrida na praia, os beijos e loucuras de amor. São pra hoje as minhas lágrimas e o sorriso que nasce depois delas. Assim como toda a minha revolta e todo o meu afeto. Hoje eu vou falar pra quem quiser ouvir, vou rir das piadas mais complicadas mesmo sem ter entendido, porque as gargalhadas são pra hoje. Eu quero tudo com urgência. Nada ao mesmo tempo, uma coisa após a outra. Eu quero tudo pra hoje, porque hoje é o agora, um segundo que se passa, uma festa que se dança, é as flores que se regam e as folhas que caem das árvores. E o amanhã não me importa, porque eu não quero pensar nisso hoje.

2 comentários:

  1. MUUUITO BOM! *---*
    Gostei do texto e do blog.
    Maaravilha :DD
    Bjs :*

    ResponderExcluir
  2. nhooo eu também quero meus amigos pra hoje. com urgência!

    ResponderExcluir